Ouvidoria 0800-642-4800

14 de Novembro 2017 Coletivo Rosa, da Cresol Rio Fortuna, incentiva a autoestima e liderança feminina

Criado para inserir a mulher de forma mais participativa e eficaz na família e na sociedade, o projeto Coletivo Rosa, da Cresol Rio Fortuna, trabalhou no decorrer de 2017 questões voltadas ao universo feminino. Liderança, motivação, beleza e saúde da mulher foram alguns dos temas abordados nos encontros mensais. Além das palestras e dinâmicas, as 37 participantes puderam debater sobre os temas apresentados e trocar experiências de vida nas rodas de conversa.
Para participar o projeto, foram selecionadas 19 associadas em Rio Fortuna e mais seis do Posto de Atendimento de Grão-Pará. O Coletivo Rosa ainda contou com a participação de todas as colaboradoras da Cresol. "Foram escolhidas mulheres que, para mim, já inspiravam liderança", conta a diretora- presidente da Cresol Rio Fortuna, Miriane Dela Justina Moreira. "Também procuramos envolver mulheres de diferentes comunidades, do centro, e de várias idades, das mais novas às mais experientes. Foi uma mistura proposital", acrescenta. "A intenção era formar lideranças em todos os locais", destaca Miriane. 
A agricultora Valéria Boeing Boselo, da comunidade de Rio Chapéu, diz que o Coletivo Rosa ajudou a melhorar a autoestima. "Antes eu não me arrumava. Não dava valor para isso. Hoje não consigo mais sair sem passar um batom, sem me arrumar um pouco", conta. "Me sinto bem mais mulher e bem mais feliz com tudo isso. Só tenho a agradecer por ter sido convidada", comemora. Assim como as demais participantes, a jovem mulher, mãe de três filhos, disse sim ao convite sem saber do que se tratava. "Aceitei por aceitar e também pela oportunidade de sair um pouco de casa e espairecer da rotina do dia a dia", conta.
A empresária Giseli Saibert, que também participou do Coletivo, acredita que a autoestima elevada contribui para a mulher se tornar uma liderança. “A partir do momento que a mulher está com sua autoestima elevada, ela começa a tomar a iniciativa, seja no relacionamento, em um negócio próprio, na política, ou simplesmente em casa com sua família. Consegue liderar em todos os aspectos!”, defende. Para ela, o Coletivo Rosa foi surpreendente. “Cada tema uma sensação diferente, um novo aprendizado. O Coletivo Rosa veio mostrar que nós mulheres sempre podemos mais, sempre devemos tentar e sofrer as transformações necessárias. Espero que outras mulheres tenham a oportunidade de participar do Coletivo”, declara. “Fiquei com receio de que seria um curso cansativo, mas aceitei, pois me senti especial por ter recebido o convite na sala da Miriane”, recorda.
A continuação do Coletivo Rosa em 2018 já está garantida. “Ele foi bastante aceito. Fico feliz e surpresa com adesão. O grupo que participou este ano gostou tanto que quer continuar os encontros”, comenta a diretora- presidente da Cresol Rio Fortuna. “Já estou planejando mudanças para que ele seja cada vez mais encorpado, mais dinâmico e que tenha ainda mais a participação de mulheres”, adianta Miriane.
Sonho de Mulher
Na noite de 3 de novembro, no jantar de encerramento dos projetos Caprichando a Morada e Coletivo Rosa, Miriane também anunciou a criação de uma linha de crédito especial para as mulheres. Com o nome de “Sonho de Mulher”, o empréstimo vai contribuir para que elas possam realizar seus desejos. "Elas vão poder comprar um jogo de quarto novo, trocar a mobília da casa, investir na decoração, viajar, fazer uma cirurgia estética ou de saúde", cita. “Será uma linha especial, diferente das que já temos. As regras ainda serão estudas e em breve a linha será lançada”, adianta Miriane.
 

Fonte: Assessoria de Imprensa da Cresol Central SC/RS

Receba novidades por e-mail