Ouvidoria 0800-642-4800

13 de Março 2018 Cresol Central SC/RS libera mais de R$ 1 milhão em três operações de crédito

Com recursos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), através de convênio com o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), cooperativas da Cresol Central SC/RS liberaram os primeiros financiamentos nas linhas de crédito Moderagro, Inovagro e Finame.  Em três operações foram liberados mais de R$ 1 milhão. Essas operações são importantes para fomentar a parceria com o BRDE.
    O Diretor de Negócios da Cresol Central, Braulio Zatti, destacou a importância do trabalho da equipe da Central em buscar e oportunizar que as cooperativas e associados conseguissem acessar essas linhas de crédito, além do Pronaf. “São linhas importantes e isso mostra o crescimento da Central e das cooperativas, a diversidade dos associados que buscam linhas com volumes maiores e diversificadas”, frisou. O diretor salientou ainda que com essas novas possibilidades de crédito, as cooperativas conseguem atender as demandas dos produtores e assim eles não necessitam procurar outro agente financeiro por desejar recursos maiores, outras modalidades ou não se enquadrarem no Pronaf. “São novas opções aos nossos associados, mas com a mesma segurança e qualidade que fizemos com o Pronaf. Esperamos que os recursos sejam bem investidos e atendam o objetivo de dar mais oportunidade de renda e comodidade para as famílias”, finalizou Zatti.
    O associado da Cresol Jacinto Machado, Bruno Giacomelli, morador da Estrada Geral Pontão, interior de Araranguá/SC é um agricultor que trabalha com produção de milho e feijão e tem como atividade principal a criação de ovinos. Ele buscou crédito através da linha Moderagro para construção de um galpão de 200 metros quadrados para manejo dos animais.
Já o produtor Lucas Favaretto de Linha Sete de Setembro, interior de Constantina/RS, fez um financiamento pela linha de crédito Inovagro para a construção de um aviário completo com 2.970 metros quadrados (165x18m), com capacidade de lotação de 56.500 aves. O agricultor trabalha com produção de grãos, criação de suínos, leite e aves para corte, sendo esta última como principal atividade. Há quatro anos ele construiu um aviário de 2.100 metros quadrados (150x 14m) e a atividade “rendeu” o que o incentivou a ampliar. “O investimento está se pagando e gostamos de trabalhar com aviário, por isso resolvemos construir o segundo”, comenta Favaretto. Ele conta que é ele e o irmão que se dedicam mais a essa atividade, mas que toda a família contribui quando necessário, já que todas as atividades da propriedade são tocadas pela mão-de-obra familiar.
Favaretto relata que a Cresol foi muito importante para que ele tivesse acesso ao crédito. “Sozinho eu não teria conseguido nem construir o primeiro aviário que também foi com empréstimo da Cresol. Mas com a Cooperativa tive acesso e além disso, eles ainda acompanham o processo, nos orientam”, destaca o associado da Cresol Constantina.
Quanto a linha de crédito Finame, a primeira operação do Sistema Cresol Central foi para a empresa Coradi & Naibo Ltda ME, localizada na Estrada Linha Quarta Tomé, interior de Arvorezinha/RS, associada a Cresol Constantina. A empresa trabalha com a produção de cavacos e buscou o crédito para aquisição de um Picador de madeira florestal.
Moderagro
    A linha de crédito Moderagro tem como objetivo apoiar e fomentar os setores da produção, beneficiamento, industrialização, acondicionamento e armazenamento de produtos da apicultura, aquicultura, avicultura, floricultura, fruticultura, horticultura, pecuária leiteira, suinocultura entre outras; fomentar ações relacionadas à defesa animal e a implementação de sistema de rastreabilidade animal para alimentação humana; apoiar a recuperação de solos por meio do financiamento para aquisição, transporte, aplicação e incorporação de corretivos agrícolas; e apoiar a construção e a ampliação das instalações destinadas à guarda de máquinas e implementos agrícolas e à estocagem de insumos agropecuários.
    A taxa de juros para essa linha de crédito é de 8,5% ao ano, com prazo de até 120 meses e até 36 meses de carência. Produtores rurais e cooperativas de produtores rurais podem ser beneficiados até o limite de R$ 880 mil.
Inovagro
O objetivo da linha Inovagro é apoiar investimentos necessários à incorporação de inovação tecnológica nas propriedades rurais, visando o aumento da produtividade, à adoção de boas práticas agropecuárias e de gestão da propriedade rural e à inserção competitiva dos produtores rurais nos diferentes mercados consumidores. A taxa de juros é de 6,5% ao ano, com prazo de até 120 meses, incluídos até 36 meses de carência. O limite é de R$ 1.100.000,00, sendo possível ser beneficiário os produtores rurais e cooperativas de produção rurais.
Finame
    Por sua vez, a linha de crédito Finame tem como objetivo financiar a produção e a comercialização de máquinas e/ou equipamentos novos, de fabricação nacional, credenciados no BNDES. A taxa de juros é de 6,1% ao ano, mais a taxa de Longo Prazo (TLP). O prazo é de até 120 meses, incluídos até 24 meses de carência, com limite de até 80% de participação do valor do bem, podendo ser beneficiários pessoas jurídicas, empresários individuais e transportadores autônomos de cargas.

 

Fonte: Assessoria de Imprensa da Cresol Central SC/RS

Receba novidades por e-mail