Ouvidoria 0800-642-4800

15 de Maio 2018 Cresol Xavantina exibe documentário Mulheres da Luta

Na próxima sexta-feira (18/05) a Cresol Xavantina exibirá o documentário Mulheres da Luta, na Sala 01 da Casa da Cultura de Xavantina, com início às 13h30. O trabalho foi desenvolvido pela área de Comunicação e Marketing da Cresol Central SC/RS, com o objetivo de fomentar o protagonismo da mulher agricultora familiar na sociedade, provocando a necessidade do enfrentamento às práticas de discriminação da mulher, a fim de produzir espaços de construção que constituam processos de formação e informação.
    A ideia de exibir o documentário no município, segundo o diretor-presidente da Cresol Xavantina, Nilclésio Gabiatti, ocorreu após o lançamento oficial realizado em 23 de abril no cinema Arcoplex do Shopping Pátio Chapecó, com público de aproximadamente 200 pessoas. “Participamos, juntamente com funcionárias da Cooperativa, e achamos importante e bonito o trabalho realizado e resolvemos dar visibilidade e oportunizar as nossas associadas a oportunidade de também assistirem. Além disso, o vídeo resgata o trabalho da mulher agricultora e os desafios que ela enfrenta no dia-a-dia e queremos que as mulheres se vejam nesse documentário”, relatou Gabiatti.
    O documentário de 56 minutos pretende instigar, provocar, chamar o debate para o protagonismo em vários espaços. São histórias muito ricas, particulares, mas que ao mesmo tempo são comuns a várias mulheres que enfrentam problemas, sofrem preconceitos e discriminação, encontram desafios, mas que com coragem e determinação encaram e mostram toda a força que possuem.  Uma das participantes do documentário é a associada da Cresol Xavantina, Natalia Aniecenski, segundo a qual, para que as mulheres ocupem maior espaço de protagonismo social elas precisam se organizar mais, participar e se valorizar.
    Este documentário é resultado do projeto Mulheres da Luta iniciado em 2016 pela Cresol Central SC/RS em que foram ouvidas associadas de todas as Cooperativas do Sistema. Essas mulheres contaram suas histórias na luta pelo espaço de representação social e por melhores condições de vida no meio rural; na luta pela organização da unidade produtiva e pelo “ser agricultora”. Histórias que destacam o protagonismo da mulher na sociedade, perpassando a sua luta pelos direitos de igualdade até as consequências que isso gera na própria saúde.


 
 

Fonte: Assessoria de Imprensa da Cresol Central SC/RS

Receba novidades por e-mail