Ouvidoria 0800-642-4800

18 de Dezembro 2018 Associados investem na produção de energia elétrica

Há cerca de dois meses, os associados da Cresol Rio Fortuna, Dilnei e Jucilane Back Kuhnen, produzem a energia elétrica que mantém a propriedade deles, na comunidade de Alto Rio Pequeno, interior de Rio Fortuna. Eles instalaram o sistema de energia fotovoltaica, que permite a captação de energia solar por meio de placas instaladas no telhado de um dos galpões da propriedade.

O sistema foi apresentado aos associados em uma reunião promovida pela Cooperativa. “Vimos que poderia ser uma fonte de melhoramento para a nossa propriedade”, destaca Dilnei. “É um bom investimento, pois o valor que pagamos no financiamento é o que economizamos na conta de luz”, acrescenta.

Para manter a propriedade, são necessários quatro mil quilowatts por mês. O montante é utilizado na granja de suínos, na produção de leite, nos açudes e nas duas casas da propriedade: a do jovem casal, e a dos pais de Dilnei, Celito e Margarida, com quem administram a propriedade. “Ainda não estamos gerando toda a energia suficiente. Queremos instalar mais algumas placas para termos sobra nos períodos de menos sol”, planeja Dilnei. O que a propriedade ainda não produz é fornecido pela distribuidora de energia elétrica.  

A família investiu cerca de R$ 100 mil no sistema. O valor financiado será quitado em oito anos. Até lá a família pretende ter recuperado o investimento. “Uma das vantagens é que conseguimos o financiamento sem juros”, destaca Kuhnen. Isto porque o casal aderiu ao programa Menos Juros, da Epagri. “Trata-se de uma parceria entre a Epagri e o Governo do Estado,  por meio da qual o governo paga até 2,5% dos juros de financiamentos cujo projeto foi elaborado pela Epagri”, explica a técnica agrícola da Cresol Rio Fortuna, Maira Sehnem Silvano May. O subsídio é válido para operações de até R$ 100 mil com prazo de oito anos para pagamento.

O casal utilizou recursos da linha Pronaf ECO, com recursos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). O financiamento pode ser pago em até 10 anos, com taxas anuais de 2,5%. Os recursos da linha podem ser utilizados para a implantação de qualquer sistema de produção de energia elétrica renovável.

 

Serviço – Mais informações podem ser obtidas na Cresol Rio Fortuna, pelo telefone (48) 3653-1342, ou nos Postos de Atendimento de Grão-Pará, pelo telefone (48) 3652-1255, e Torres, no (51) 3664-4881.

 

Fonte: Assessoria de Imprensa da Cresol Central SC/RS

Receba novidades por e-mail